Recent Posts

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Comofaz?

Daí q eu parei de trabalhar.
Daí q quem agora me sustenta é meu marido.
Daí q é a minha primeira vez nessa condição.
Daí q eu ñ faço ideia de como agir.
Daí q eu odeio ter q pedir pra comprar alguma coisa, mesmo q pra casa, pra Anna.
Daí q eu me sinto mal com isso.
Daí q eu ñ sei como agir.
Daí q eu fico pensando em "e qdo eu precisar comprar algo realmente pra mim, como pedir? Como quem pede $$ pros pais?"
Daí q o $$$ está super me fazendo falta, falta pro orçamento mesmo!
Daí, daí, daí...

E daí né?
Eu ñ sou adepta ao "é obrigação do marido prover o lar". Mentira.
Não é obrigação de ng.
Um casamento é feito por 2 lados, e eles devem trabalhar sempre em equipe...


Obvio q ele me ajuda, me compra td q eu quero, não reclama, nada disso!
até foi meio dele a incrivel ideia de eu parar de trabalhar pra ficar com a pequena...maaaaas...como faz né?
Eu ainda to recebendo a pobreza do seguro desemprego. Ainda. Mas daqui a pouco, tchau! Vou ficar lisinha!!!!!


#medo!
 

8 coisas...:

Grauce disse...

Daí que eu vou virar sacoleira pra ter meu dindin. Faço meu horário e não tiro o Junior da rotina dele.

Beijo flor.

Anjinho disse...

Ai amiga ñ me vejo nessa condiça não viu..........
lisa, lisa de tdo a tdo......misericordia!
Será q ñ dá pra ganhar algo em casa ao menos por enquanto?
sei lá........
bjokas1

Ana Paula disse...

Difícil né Than... Te entendo.
Eu ganho menos que meu marido, e não gosto de pedir dinheiro, quando estou numa fase mais apertada. Lógico que a gente tem um orçamento conjunto, mas com o meu dinheiro posso comprar o que quiser né, sem dar satisfação...

Mas acho que vc vai saber solucionar este problema. Fique tranquila!

Bjs!

Ju Louseiro disse...

Taí uma questão complicada...


Um beijo =)

www.fuxicodenoiva.com.br
http://casamentodossonhos-juefe.blogspot.com

Sra. Mari disse...

Ahhh ... é complicado. Estou passando por isso, nesse meu momento pra cuidar um pouquinho de mim.
O dinheiro do meu acerto demissional eu guardei na poupança e tirei um tiquinho pra essas coisas que a gente quer comprar e nao quer ficar pedindo pro marido. Mês que vem vou dar entrada no seguro desemprego ... então ainda tenho uns meses pra nao ficar em total desespero!
Mas te entendo ... né fácil não. Até lá vou ter que pensar num plano B !

Bj

Karla disse...

Amiga pensa numa coisa pra vc trabalhar em casa que de dindin né rsrs. Eu logo logo vou sair desse meu emprego aqui para trabalhar em casa eu acho que é a melhor coisa pra vc fazer e um modo de vc n ficar lisinha né?

Beijos

Cláudia Leite disse...

Não me vejo nessa situação de ter que pedir $$, ainda mais que meu marido não é daqueles machistas que gostam de "segurar as pontas" sozinho.

Sra. Cilla disse...

Olá,
também sei muito bem como é isso, depois que casei tive que largar o emprego (não tenho seguro desemprego) e mudei de Estado! Estou aqui vai fazer 3 meses e nada de emprego ainda...Fora que não conheço ninguém aqui, tô completamente sozinha!
Sorte a minha que meus pais me dão uma mesadinha pra me ajudar e aproveito para estudar enquanto isso, quem sabe não surge um emprego público?
Mas é horrível... é raro comprar algo pra mim ou pra casa... (somente o necessário) o marido não liga, mas as coisas estão bem apertadas e as dívidas crescendo! enfim... seja o que Deus quiser!
Boa sorte na sua decisão!
Bjinhus!